#copiright

21 de julho de 2014

Melhores Participações Especiais de Hansi Kürsch

“A voz humana é o mais belo instrumento, porém é o mais difícil” – Richard Strauss


Dizem que a marca vocal é muitas vezes a identidade de uma banda. Longe de querer atribuir o mérito do sucesso de um grupo apenas as particularidades vocais de um músico, a voz é o primeiro quesito que muitas vezes observamos em uma canção. Obviamente, outros detalhes são de tamanha significância e constroem a identidade de uma banda; - temas das composições, a singularidade de cada instrumentista, a eficiência e harmonia do conjunto, dentre várias outras particularidades - são determinantes para amarmos (ou odiarmos) uma banda e também diferenciarmos esta no enorme cenário musical.
Uma das vozes mais imponentes do metal, que dentre outros critérios caracteriza o Blind Guardian, já esteve emprestada em inúmeras canções de outras bandas.Como parte das homenagens do Blind Guardian Brasil em comemoração ao aniversário de Hansi que se aproxima (tem mais homenagens na página, corre lá e deixa a sua), reunimos as melhores participações especiais de Hansi Kürsch ao longo de sua carreira.

São parcerias com mais de 20 bandas diferentes, com direito até a repeteco com o Grave Digger. Apesar, de não se tratar de uma participação especial, ao final listamos o Demons&Wizards a título daqueles que ainda não conhecem (existem estas pessoas ainda?) possam vir a apreciar a voz de Hansi Kürsch fora do Blind Guardian. 

O post está dividivo em 2 partes para uma melhor visualização. A próxima parte será postada no blog em breve.

Hansi Kürsch, Blind Guardian por m0n5t3r


1. To Lose The Sun (Reversing Time ) - Dreamtone & Iris Mavraki´s Neverland


O Dreamtone & Iris Mavraki´s Neverland nasceu em 2007 da junção entre a banda turca
Dreamtone e a cantora grega Iris Mavraki´s. O álbum de estreia do grupo, "Reversing Time” foi lançado em 2008.
O segundo álbum “Ophidia” de 2010 tem participações de Edu Falaschi e Jon Oliva (Savatage, 
Jon Oliva's Pain).


2. Excalibur (álbum do Grave Digger)


Excalibur é o nono álbum de estúdio do Grave Digger e fala sobre a história do Rei Arthur e os cavaleiros da Távola Redonda. O line-up para os backing vocals do álbum incluem Hansi Kürsch, Piet Sielck, Hacky Hackmann + Boltendahl.


3. Slaves To The Desert (Into the light) - Nuclear Blast All-Stars: Into the Light  (Tribute 20 anos)



Into the Light é um álbum tributo aos 20 anos de existência da gravadora Nuclear Blast. Into the Light foi composto e arranjado pelo compositor da banda alemã Rage, Victor Smolski, e conta com a participação de vários vocalistas como Tarja Turunen, Tobias Sammet e Andi Deris.


4. Take to the sky (Hero) – Van Canto


Hero é o segundo álbum da banda alemã Van Canto e além da participação de Hansi Kürsch em “Take to the Sky”, traz também um cover a cappella de The Bard's Song (In the Forest).


5. Those We've Left Behind (Skies Fall) – Maegi


Maegi é um projeto musical de Power/Prog Metal que conta com a participação de Chris Boltendahl (Grave Digger), Tim “Ripper” Owens (Ex-Judas Priest), Zak Stevens (Ex-Savatage), e Jerry Outlaw (Jon Oliva´s Pain).


6. Inside the Circle (In Our Hands) - Solar Fragment 

 



7. Flesh Of The Gods (Deggial) – Therion


Deggial é o nono álbum de estúdio da banda sueca Therion, o álbum além da participação de Hansi, traz um cover Carl Orff (compositor alemão famoso por sua contribuição na área da pedagogia musical).


8. Out Of Control (Vain Glory Opera) – Edguy


A canção além de trazer a participação de Hansi Kürsch, tem também contribuição de Timo Tolkki.



9. For The World (Iron Savior) – Iron Savior


Criado por Piet Sielck, junto com Kai Hansen e Thomen Stauch (ex-Blind Guardian) em 1996. Thomen, que por não conseguir conciliar o trabalho em ambas as bandas, teve que sair em 98, cedendo as baquetas á Dan Zimmermann (GammaRay).

10. Reflection (Shades ) – Aneurysm


 


Bônus: DEMONS & WIZARDS 
The Immigrant Song (Led Zeppelin cover) - Touched by the Crimson King
 
O Demons & Wizards é fruto da parceria entre Hansi Kürsch e o guitarrista do Iced Earth, Jon Schaffer. Schaffer é responsável pela melodia enquanto Kürsch escreve as letras. O D&W possui 2 álbuns lançados, sendo o mais recente Touched by the Crimson King de 2005.


Gostou do post? Comente. Curta. Compartilhe.


Follow The Guardian!



Comentários
0 Comentários

0 Bardos comentáram, comente!:

Postar um comentário

Faça um colaborador feliz, comente: