Conheça a "Das Bards" - Uma típica cerveja “Weinzenbier” !

A Das Bard foi feita somente 12 Unidades e distribuidas inclusive para os integrantes do Blind Guardian!

Blind Guardian em Curitiba - 2015, camarote Blind Guardian Brasil.

Saiba o que rolou no show de Curitiba/PR em 2015.

Tenha a oportunidade de ter o vinho dos bardos da Alemanha

Estamos nos organizando para importar o vinho Syrah do Blind Guardian, não fique fora dessa, clique e saiba mais sobre isso.

Ajude o Blind Guardian Brasil a crescer.

Faça-nos uma doação, e contribua para o crescimento do maior fã clube do Blind Guardian.

Blind Guardian, isso é PODER!

Blind Guardian é a maior e melhor banda de POWER METAL do mundo!

#copiright

16 de julho de 2016

Imaginations para a América do Norte



Postado em 05 de Julho de 2016, Terça-feira.



Bom dia, boa tarde ou boa noite.

Seja tarde, seja cedo, ou algo entre um e outro, suponho que sirva para o status de todos vocês, não importa onde estejam. Sendo um constante viajante pelo tempo não é nada demais para mim lidar com todos esses paradoxos ao mesmo tempo. Onde eu estava? Oh, eu não comecei, ainda...

Eu tenho algo a dizer. Aí vai. Agora. Em um segundo.

Apesar de a temporada de festivais nos manter ocupados por mais um tempo (e estamos aproveitando cada momento) nossos pensamentos já estão avançando, viajando para lugares além de sua imaginação (*alerta de spoiler*). Fisicamente presos no Aqui e no Agora (sem a intenção de referência ao Beyond the Red Mirror), nossas mentes já estão a caminho do futuro.

Eu, que já fui questionado centenas de vezes por jornalistas e fãs, se não estávamos interessados em uma performance conceitual de algum álbum, fui surpreendido por meus companheiros de banda, que tiveram exatamente a mesma ideia durante a viagem para Dinamarca e Polônia na semana passada. Não consigo me lembrar exatamente onde ou quando. Desnecessário mencionar que a ideia soou sensacional e completamente nova para eles. Adivinhem? André e Marcus sugeriram fazer dessa turnê na América do Norte em Setembro uma turnê conceitual de "Imaginations from the Other Side"!!! Sem surpresas, Frederik topou imediatamente.

Adivinhem (II), essa ideia, vindo de meus companheiros de longa data, começou a parecer interessante para mim também. Pode ter sido por conta das duas cervejas que tomei naquela noite, mas, por qualquer que seja a razão, eu concordei espontaneamente, e agora eles estão determinados a me fazer cumprir minha palavra. Sem escapatória. Eu já estou usando muitas palavras para transmitir uma simples mensagem...

Aqui vai em palavras claras...

NÓS VAMOS TOCAR O ÁLBUM IMAGINATIONS FROM THE OTHER SIDE NA ÍNTEGRA QUANDO VOLTAMOS PARA A AMÉRICA DO NORTE EM SETEMBRO!

Ao invés de revelar mais segredos, eu devo voltar para meus ensaios e praticar essas músicas. Esse verão será movimentado para nós e certamente uma ótima experiência para nossos amigos da América do Norte!


Hansi.


Traduzido do Link: http://www.blind-guardian.com/2016/07/05/imaginations-for-north-america/

Créditos da Imagem: http://www.blind-guardian.com/2016/07/05/imaginations-for-north-america/


Tradução por:
Marilia Olher (#MariTheValkyrie)


2 de fevereiro de 2016

Resenha Blind Guardian em Curitiba, por #BardoPrudente


Bom dia/tarde/noite caros bardos, hoje você irá ler sobre uma experiência incrível, inesquecível, que eu pude participar em Curitiba, conto a vocês a história do show do Blind Guardian em Curitiba, meu primeiro de muitos shows que irei assistir, e por ser meu primeiro show, essa história se torna muito especial, então puxem a cadeira, porque vocês irão ouvir agora, os bardos e suas canções...♪

Tudo começou em 2009, quando resolvi criar um blog sobre a minha banda favorita....

Acho que voltei demais, e muitos que acompanham o blog sabem da história, vamos avançar um pouco, quando o Blind Guardian anuncia a turnê do álbum Beyond the Red Mirror.


A grande equipe desse site, imediatamente começou a planejar tudo, nos mínimos detalhes.

Com uma parceria com a Overload, podemos ficar no melhor camarote do Master Hall, bem ao lado do palco, lugar onde parecia que estávamos no palco junto com o Blind Guardian. Hehehe, agradeço ao Vir, The One pela escolha.
Visão do camarote Blind Guardian Brasil

Sem mais delongas, vamos ao dia do show, tudo preparado, na parte da manhã um encontro épico, pessoas da equipe, unidas por um gosto em comum, se encontram pela primeira vez, depois de muito tempo e conversas por facebook e Whats...hahahha
Parte da equipe Blind Guardian Brasil

O incrível desses encontros, é que parece que nos conhecemos a muito, muito tempo...foi assim com a Mirella, foi assim com a Mônica, foi assim com o Virgílio, e foi assim com a Fabiana, o Leandro e a Marília, pessoas incríveis que tive o prazer de conhecer pessoalmente.
PS: Sara, você é a próxima heinm...:)

Após o encontro da equipe, recebemos notícias de onde o Blind Guardian estaria, e sem pensar duas vezes, fomos lá para conversar com eles (Stalkers? Hahahah), e entregar alguns presentes, claro. da última vez, o Vir os entregou uma cerveja para cada, feita por ele mesmo, que lhe concedeu o titulo de Mestre Cervejeiro do BGB. :D
Destaque para o Frederik, vestindo a camisa do Blind Guardian Brasil

Dessa vez, o presente foi nossa camiseta, feita especialmente para essa turnê, apresentando o nosso mascote, O Guardião do Blind Guardian Brasil, que foi bem recebido pela banda, como se pode ver. :)
Hansi recebendo sua camiseta do Blind Guardian Brasil

Conversamos e conhecemos todos os nossos Bardos, e foi incrível, com direito a ser zoado pelo Marcus quando fui tirar foto com ele, hahaha.
O Frederik é a simpatia em pessoa, primeiro encontramos com ele e o Marcus voltando de um passeio por Curitiba, a pé, o que me surpreendeu...hahaha (fico imaginando eu andando por Curitiba, e me deparar com os Membros da minha banda favorita, qual seria minha reação? hahaha).
Após entregarmos os presentes do Marcus e do Frederik, o Frederik pediu para esperarmos, para termos a chance de entregar os presentes pessoalmente para o restante da banda. e assim fizemos, é claro.
Tivemos o prazer de conhecer todos, sem exceção, e conversar com cada um brevemente, não deu para conversar mais porque eles estavam com pressa para chegar ao Master Hall.
Uma das coisas mais gratificantes, foi saber que a banda nos acompanha, tanto o site quanto as redes sociais, e que gosta muito de nosso trabalho, trabalho esse que fazemos sem remuneração e com muito carinho.

Antes de falar do show em si, um aviso, nunca deixem para pegar um taxi de última hora, muito transito, ao menos em Curitiba estava assim, quando chegamos lá, não deu pra filmarmos a fila, chegamos tarde demais...:/

Chegando no Master Hall, começamos a organizar nosso camarote, com nossa faixa, bandeira e tudo o que tínhamos direito, queríamos chamar a atenção, e conseguimos...hahaha.
Camarote Blind Guardian Brasil, com equipe e amigos.

Ansiedade a flor da pele, quando começa a tocar a introdução de The Ninth Wave, nisso eu me toquei que finalmente começou, procurei o melhor lugar, e na minha cabeça lembrei do que o Hansi me disse antes: "Enjoy the show!", percebi que no outro dia, iria estar sem voz.


The Ninth Wave foi uma introdução incrível, sem sombra de dúvidas, a parte do coral, feita pelo Barend, Marcus, André e Michael, e a performance do Hansi não deixou nem um pouco a desejar, ele andava pra lá e pra cá no palco, não deixava ninguém parado, e sua voz simplesmente estava incrível.
O Set list tocado em Curitiba foi o seguinte:

The Ninth Wave
Banish from Sanctuary
Nightfall
Fly
Tanelorn (Into the Void)
Prophecies
The Last Candle
Lord of the Rings
Time Stands Still (at the Iron Hill)
The Script for My Requiem
Imaginations from the Other Side
Wheel of Time
Twilight of the Gods
Valhalla
Into the Storm
The Bard's Song - In the Forest
Mirror Mirror
Majesty (A pedidos)

A experiência de estar no camarote praticamente dentro do palco foi incrível, o Hansi acenou várias vezes para nós, e sempre que ele fazia isso, todos gritavam em resposta, resultado é que eu fiquei rouco no outro dia...hahhaha.

Das minhas listas de músicas que eu queria ouvir no show, só faltou And Then There Was Silence e Miracle Machine, mas a que eu mais queria, Time Stands Still (at the Iron Hill), foi tocada, e eu acompanhei cantando junto a todo o momento, uma faixa de uma das partes mais incríveis do livro "O Silmarillion", livro que hoje, tenho com o autografo de todos os membros do BG. =D
Hansi fazendo todos pular e cantar junto

Infelizmente, a bandeira do Blind Guardian Brasil não ficou no palco =/, quando jogamos a mesma, o pessoal que trabalha no palco guardou, ao invés de colocá-la a amostra.
Mas tínhamos nosso camarote com uma faixa bem grande, que todos que foram ao show de Curitiba puderam ver, e isso está ótimo.
Mas nos outros shows, nossa modesta bandeira estava lá, impecável =)


Resumindo, foi uma experiência única, e incrível.
Blind Guardian 

Os vídeos contidos nessa postagem foram tirados de usuários do YouTube, as imagens foram tiradas pela colaboradora Fabiana Souza.