#copiright

23 de janeiro de 2012

O guardião cego e as capas


- Esta é uma matéria comemorativa dos 25 anos de Blind Guardian -
Hail folks! Primeiramente gostaria de agradecer pelo apoio de todos os nossos leitores que acompanham o BG Brasil, deixam seus comentários, fazem críticas e também nos "curtem" no facebook. A presença de vocês é muito importante para nós :D Bom, as capas do Blind Guardian são misteriosas ao meu ver, e é uma das coisas que mais me encantam na banda. Estava observando há alguns meses atrás e notei algumas coisas interessantes. Como já foi dito em algumas entrevistas, o guardião cego que está presente em vários cenários diferentes, conta a história das músicas, mundos e personagens fantásticos que sempre acompanhou a banda ao longo desses 25 anos. Mas para onde ele quer nos levar? Que histórias lindas vai nos contar? Vamos divagar um pouco sobre isso:

- Battalions of Fear o guardião está "brincando" com ele mesmo, numa crítica à política de Ronald Reagan, ex presidente dos EUA e também ator... mas isso será discutido em uma outra hora;
- Já no Follow the Blind, o guardião representa um personagem do livro "O Talismã" do Mestre do Terror, o saudoso Stephen King. Ele nos convida para um outro mundo em busca do talismã para salvar sua mãe... então, follow the blind!;
- Alguém já reparou uma figura familiar de costas para nós no Tales from the Tilight World? Está em frente à fogueira, nosso blind guardian no meio de goblins que bebericam alguma coisa, e de uma bruxa misteriosa;
- No Somewhere far Beyond o guardião aparece de costas, com traços iguais do Battalions of Fear;
- No single A Past and Future Secret há uma espada cravada na pedra que conta a história do Rei Arthur, assim como a própria música em si (na versão do autor T. H. White - O único e eterno rei. "Talking about a past and future secret, most called him once and future king"). Já no Imaginations from the Other Side a espada não aparece, só o mesmo cenário por trás do bandolim. O guardião aparece do lado de fora do quadro, que nos convida a entrar num mundo completamente mágico, onde nossos sonhos viram realidade. Há também uma figura interessante do lado oposto ao guardião, tocando o bandolim ;
- Pennywise aparece tocando o mesmo bandolim no sinlge Mr. Sandman, tentando atrair a criança inocente para devorá-la. (tirado do romance A Coisa - Stephen King. Esse ser sobrenatural toma forma da coisa que a pessoa mais teme - que nem o bicho papão do Harry Potter :D - e prefere as crianças porque são presas mais fáceis. Mas isso será explicado em uma breve matéria xD). Essa capa é tão bem elaborada e cheia de detalhes que fica difícil notar o guardião no reflexo do espelho, em cima da cômoda;
- Em The Forgotten tales, nosso guardião aparece na frente do quadro da capa do Imaginations, escrevendo o livro que também aparece no mesmo com a pena e a tinta. O mais curioso é que o mesmo desenho que está na boca do bandolim que o Mr. Sandman toca (o mesmo também do IFTOS) aparece na "roupa" do blind... será?! :D
- Na capa do A Night at the Opera há um encapuzado também, porém não creio que seja o nosso velho amigo, pois metade do rosto dele aparece... e o blind guardian não tem rosto. Tomem cuidado com o balrog ali no fundo, só observando...
- O guardião cego também esteve presente no The Bard's Tavern, indo ao encontro dos elfos, gnomos, goblins, hobbits e todos os seres místicos que nós tanto gostamos. Ele aparece ali atrás, peralbulando pela calçada indo para a taberna. Será que alguém notou um bardo lá dentro tocando o famoso bandolim?
- Todos compareceram no Imaginations Through the Looking Glass também. Porém o mais interessante que eu acho é uma figura muito parecida com mr. Gandalf tirando foto da banda de camarote, que velinho mais astuto!
- No single Fly o guardião aparece explicitamente sentado no trono, talvez preparando uma poção e atrás dele há um dragão e uma bola de fogo e raios... Será um portal que nos levará para outra dimensão?
- A Twist in the Myth é uma das minhas capas preferidas e combina perfeitamente com o temas das músicas. O guardião não aparece pois está lá dentro do castelo, em um outro mundo no qual somos convidados a entrar. E o dragão que antes estava tímido descansando lá com o guardião no castelo levantou voo :D ;
- Parece que o blind guardian também tem o seu Another Stranger Me... será? :x
- Felipe Machado Fernando, autor da capa do A voice in the Dark, nos contou que lá na escadaria aparece o guardião, segurando um lampião, indo se encontrar com as outras criaturas na reunião secreta no interior da pirâmide... mas não conte a ninguém, é secreta!
- Recentemente o Memories of a Time to Come foi lançado (LINDO por sinal) e o nosso querido amigo aparece manipulando um relógio de areia para podermos voltar no tempo e relembrar essas histórias maravilhosas que ele nos contou durante todos estes anos. A imagem que aparece no post é do encarte, mostrando que o guardião chegou no topo da pirâmide do At the Edge of Time.


Bom... é isso aí galera, espero que tenham gostado. É sempre um prazer escrever sobre o Blind Guardian :D

BARDS WE ARE! BARDS WE WILL BE!
Follow The Guardians!

Comentários
6 Comentários

6 Bardos comentáram, comente!:

Recomendo ler a matéria ouvindo Harvest of Sorrow

Este comentário foi removido pelo autor.

No A Twist in the Myth, se repararem, o dragão desta e da capa do single Fly não são o mesmo.
Parece que o crânio que se encontra ao lado do livro é, no caso, do dragão da capa do Fly (reparem no chifres). Como uma espécie de reviravolta.

Viagem minha, mas vejo a capa do álbum com a coloração parecida com a do single Fly. E também, ao fundo da capa do single, vejo as mesmas cores que lembram o Red Mirror, parecendo que estamos adentrando/mergulhando nas capas.

Postar um comentário

Faça um colaborador feliz, comente: